Um Pedacinho de Amor / Fernando Morais

10,00

livro usado, bom estado
Papiro Editora, Maio de 2007
formato 150 x 230 mm, 48 páginas, brochado

Autor

Fernando Morais

Fernando Morais nasceu em Mafamude – Vila Nova de Gaia em 1935. Em 1960 publicou vários poemas no Suplemento Literário do “Jornal de Noticias”, na Direcção do Dr. Ramos de Almeida. Publicou poemas e crónicas de Cinema no Suplemento Juvenil do “Diário de Lisboa” e no “Bastidores” do Jornal “República”. Em 1963 entrou para o Centro Ramalho Ortigão - obra social do iminente Homem de Letras, Dr. Ferrão Moreira. Neste Centro foi Administrador do Jornal “O Meu Amigo”. Em 1966 foi preso pela Pide por distribuir propaganda da Oposição clandestina. Esteve encarcerado durante 6 meses. Em fins de 1967 foge para França onde trabalhou para várias empresas em profissões diversas. Aí, em Paris, participou no movimento revolucionário de Maio de 68. Ajudou os Emigrantes Portugueses a fundar Associações Culturais e Recreativas. Foi apoiante destacado de todas estas Associações para a emancipação dos Emigrantes e entrou para a Revista “Peregrinação”, onde foi eleito 1.º Secretário da Fundação Cultural dos Emigrantes. Ajudou a Revista a ser conhecida e lida por todas as cidades da Europa. Participou no Encontro Internacional da Revista das Artes e das Letras: “Peregrinação”, onde colaboravam os mais destacados intelectuais portugueses, premiados pela Câmara de Lisboa e pela Fundação Gulbenkian. Ao lado de José David Rosa, o Mecenas daEditora Peregrinação, publicou vários livros em prosa e em verso dos sócios e colaboradores. Escreveu crónicas regionais durante 7 anos em muitos Jornais Portugueses tais como: “Ecos de Belém”, “Cardeal Saraiva”, “Diário do Alentejo”, “Jornal de Campo de Ourique”, “Gazeta do Sul”, “Linhas de Elvas”, “Arrancada”, “Notícias de Chaves”, “A Aurora do Lima”, “Jornal de Almada”, “Jornal de Ovar”, “O Progresso da Foz”, “Lavra”, “Jornal Arrifana”, onde ainda hoje tem uma página de Poesia. Esteve na Direcção da Associação dos Escritores de Gaia e colaborou na sua Revista Literária. Colaborou nas Revistas: “Pé de Cabra”, “Peregrinação”, “O Sabor das Palavras”, “Café com Letras”, “Saudade”, “A Comuna”, “Sol XXI”, “Ibis”, “Palavra em Mutação”, “Portugal”, “Mea Vila”, “Latitudes”, “Ventre”, entre outras. “Na Liberdade”. Traduziou poemas de Rimbaud para Português. Publicou: A Cidade Adversa, poesia, Edição de Autor, 1963; A Cidade Ocupada pela Poesia, poesia, Peregrinação, 1983, 2.ª Edição, Edição de Autor, 2009; O Poeta Escondido, poesia, Edição de Autor, 1998; Voltar a Gaia, poesia, Edição de Autor, 2000; As Ruas da Comuna, poesia, Campo das Letras, 2001; Não os deixes cair no olvido, prosa, Corpos, 2002; Um Estalo na Modorra, poesia, Edição de Autor, 2003; Conversando com Rimbaud, poesia, Café c/letras, 2005; Índex Poesia, poesia, Café c/letras, 2005; História Local de Portugas, poesia, Apenas Livros, 2006; O Poema do Outro Lado, poesia, Edição de Autor, 2006; Rótulos, poesia, Edição de Autor, 2006; A Inscrição na Lápide, novela, Edições Mortas, 2006; Um Pedacinho de Amor, poesia, Edição de Autor, 2007; Quadrar, poesia, Edição de Autor, 2007; Poetas da Rua, poesia, Edição de Autor, 2008; Exclusivamente, poesia, Edição de Autor,2008; Poesia da Idade Avançada, poesia, Edição de Autor, 2008; O Ano Tenebroso, poesia, Edição de Autor, 2008; Viver É Muito Mais, poesia, Edição de Autor, 2008; Obscuridades, poesia, Edium Editores, 2009; Canções para o Anthero, poesia, Edição de Autor, 2009.