Novo!

A Maldição do Templário

15,00

Este romance está dividido em dois Livros. No primeiro conta-se a estória de ‘Pedro Anes, hum homen buscando as origens. Camio longo que levoume aas andanças do mar, aas guerras enas frõteiras e a hum cárrego que nom haibo facilidade en entender

 

Um encargo complicado, por se tratar de levar a outro país um Tratado onde ‘Estam aqui muintos e muintos anos de trabalho de escolha, copilaçom e copia feito por irmaãos, estudiosos e leterados enas cousas das chimicas, dos camios do espiritu, do nosso e de outros credos e o Tratado he mostramento da viagen que o espiritu do homem deve seguir como renovo interior

 

Na verdade, sobre o avô de Pedro Anes foi lançada uma maldição, ‘ou emtã os deçẽdẽtes pera poder perseguillos e matar, en hua vingança que seria feita por elle ou pellos netos, que tambem eran includídos en o acordo

 

Um Livro primeiro onde tudo isto se explica, usando linguagem e escrevedura próprias do século XVI, até por serem algo premonitórias ‘E inda avera as guerras das religioões, ca som donas da verdade e atee possoem poder pera cõquistar, guardar e preseruar. E vaamos, neste mũdo do ociente, passar por grandes ofensas, conflitos e mortandades sem alembramento ou memoria, a nom ser as que som e foram das pestilëcias

 

O Livro segundo, conta a estória de outro Pedro, talvez descendente do primeiro, e dos graves problemas que teve de enfrentar, pela ligação a uma senhora de que eles usaram para o atacar.

 

A linguagem é a actual, por se passar na segunda década deste século, onde já proliferam filosofias alternativas, com influências próprias e  bem distantes das do século XVI, a tentar mostrar como o ser humano se confronta consigo mesmo, o tentar descobrir se a realidade que o rodeia será mesmo real.

Categoria: ISBN: 9789895391608

Edição: 11/2022
Formato 14,5×22,5 cm, 154 páginas.

Autor

António M. Oliveira

antonio-m-oliveira.webp

António M. Oliveira nasceu a 29 de Dezembro de 1941, na freguesia da Sé, cidade da Guarda. Licenciado em Jornalismo e Mestre em Ciências da Comunicação, está actualmente reformado. Foi, durante 21 anos, professor do Ensino Superior na área de Ciências da Comunicação no ISLA e na Escola Superior de Jornalismo, onde foi Director Pedagógico entre 2000 e 2001. Enquanto profissional dos quadros da RTP, foi distinguido com o 1º Prémio da Mostra Atlântica de Televisão/92, com o realizador Adriano Nazareth Jr. Tem publicados os seguintes livros: “O que resta de Deus - uma estória de desencantos”, 1ª ed 2008, 2ª ed. 2014; “Nove contos menos, mais um”, 2008; “Pedra d’Água”, 2010; “Nunca mais tenho flores à sexta-feira!”, 2012, “Logo à noite no Jerónimo”, 2017 e “Uma casa a sul das nuvens”, 2019,. Está no prelo (edição para Novembro de 2022) o romance “A Maldição do Templário”. É colaborador semanal, desde 2017, do blogue “A viagem dos Argonautas”, onde mantém uma crónica subordinada ao título “Carta de Braga”. É o sócio n.º 31216 da Sociedade Portuguesa de Autores.