ESSÊNCIA (poesia de Carla Valente)

 

 

 

Lançamento:

Sexta-Feira, 19 de Maio, 21h30
Biblioteca Municipal de Santo Tirso
Rua de Gross-Umstad – Quinta de Geão

Moderação do evento: Álvaro Maio 
com acompanhamento musical de Aníbal Magalhães

Apresentação da obra: António Graça Moura

Leituras: Cidália Fernandes, Eduardo Roseira, Fernando Soares e Isilda Nunes

Apontamentos musicais: Luísa Amaro (guitarra portuguesa) e Margarida Amado (piano)

 

Sobre “Essência”

Essência é um livro cuja substância abraça tudo o que existe entre o mais alto azul do céu e o mais profundo carvão das minas.
É um álbum de memórias acesas, de presente em urgência e de futuro branco.
É uma película tatuada de paixão. é intensidade em estado pleno. é mistério aberto.
É um útero mil vezes mãe onde nascem vertigens em rodopio e arrepios imperativos.
É uma candeia que ilumina poemas e assegura claridade nos versos, no seu trilho mais elevado – o leitor.

 

Essência tem poemas que esvoaçam transparentes e deslizam leves e fluídos pelo universo.
Os poemas de Essência são viagem do berço à lápide. Atravessam a luz azul ténue que corta ao longe, no horizonte, a ausência de fronteira onde tudo é poetável.
Um livro profundo – um vulcão fogo e, ao mesmo tempo, um afago infinito.
 

 

Carla Valente

Carla Maria Neves Valente, nasceu em Santo Tirso, em 17 de junho de 1970.
É formada em Supervisão Pedagógica e Formação de Formadores e exerceu, durante trinta anos, a função de Professora.
Tem 3 livros de Poesia publicados em 4 edições:
Silêncios – novembro de 2012
Silêncios (2.ª edição) – novembro de 2014
SOMOS – novembro de 2014 (em coautoria com António F. Maia (Fotografia)
… antes do depois … – novembro de 2017
+ 2 livros infantojuvenis que serão publicados, também, em 2023
Foi distinguida com vários  prémios literários, nacionais e internacionais e várias menções honrosas.
Escreveu: Poesia, letras para cancões, hinos, cânticos litúrgicos e artigos de opinião em diversos jornais, discursos e homenagens sobre os mais variados assuntos e/ou Personalidades.
Aprecia a sua vertente de letrista de um modo muito entusiasta
Gosta de literatura em particular, mas é uma forte admiradora da ARTE em geral: Música, Pintura, Escultura e Teatro.
Em novembro de 2022 completou 10 anos de escritora, nessa mesma data foi nomeada como uma das 15 “Figuras da Cultura do Séc. XX” (enquanto Poetisa comparada já a Daniel Faria).
Já fez dezenas de apresentações no país e participou em muitas Feiras do Livro. Tem como intenção, num futuro próximo alargar fronteiras aos Países Lusófonos.
Um dos seus maiores sonhos é poder ser escritora a tempo inteiro.
Sobre si, a autora afirma:
“Metade de mim é POESIA, a outra metade, o amor que tenho por ela!”

Esta nomeação saiu num livro que acompanhou o JN e o DN que atravessou o país de Norte a Sul.
 

Carrinho (0)

Carrinho