Poalhas do Tempo / Ulisses Duarte

15,00

edição Sol Poesia

usado, em bom estado

Autor

Ulisses Duarte

Ulisses-Duarte_s.jpg

Ulisses Duarte nasceu em Matosinhos em 11 de Março de 1923, tendo falecido em Lisboa em 16 de Janeiro de 2008. Escritor, pintor, poeta e publicitário, foi um dos fundadores do jornal Notícias da Amadora e das revistas Áudio Vídeo e Sol XXI. Membro da Direcção da APE — Associação Portuguesa de Escritores — e da Associação Cultural Sol XXI, foi também presidente do Clube dos Poetas Vivos de que foi fundador. Fundou em 1992 a Tertúlia Rio de Prata, com António Manuel Couto Viana, João Marcos, Luís Dantas e Luís Graça. Colaborou nas já extintas publicações: jornal Artes é-. Artes (Lisboa), Lavra (Vila Nova de Gaia) e Livros é. Leituras (Lisboa - S. Paulo). Sócio da URAPE; accionista da Cooperativa de Cinema FÓRUM: delegado em Lisboa do jornal Poetas é. Trovadores. Colaborou nas publicações: Saudade (Amarante), Xanela (Vigo), Feiras Novas (Ponte de Lima) e nos suplementos literários dos jornais diários Notícias da Manhã e O Primeiro de Janeiro.   OBRA PUBLICADA Terra e Céu (Ed. Globo, 1958; Ed.Esp.2007); Da minha Paisagem (Ed. de Autor, 1959; Ed.Esp.2007); Poemas de Sol Estrangulado (Ed. de Autor, 1960; Ed. Esp.2007); Madeira Pérola do Atlântico (poema filmado e editado pelas Produções Sousa Neves, 1965), O Eco das Palavras (Ed. Átrio, 1991 e Ed. Esp.2007), Poalhas do Tempo (Prémio Aquilino Ribeiro, 1991, da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, Ed. Sol/Poesia, 1992; Ed.Esp.2007); O Cajado do Peregrino (Prémio Aquilino Ribeiro 1992, da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, Ed. Sol XXI, 1999 e Ed.Esp. 2007); Vilancetes para o meu Presépio (Menção Honrosa no Concurso Aquilino Ribeiro da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, 1993, Ed. Sol, XXI, 1993 e Ed. Esp. 2002); O Mar do nosso Feitiço (Ed. Universitária Poesia, 1998).   Participou em 15 antologias editadas pelos Escritores da Tertúlia Rio de Prata; 26 obras colectivas de editoras diversas; obteve 48 prémios literários em poesia e prosa, sendo 5 em obras completas.